Resultado final do Rodeio de Barretos

Otávio Bruno Silva é o grande campeão do Barretos International Rodeo

     A noite de domingo, último dia da 51a Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos, revelou o grande vencedor do 14a Barretos International Rodeo: Otávio Bruno Silva, 25 anos. O peão montou no touro “Delegado”, da companhia de Neto Oger (de União Paulista), às 20h10 e obteve 409 pontos na grande final. É o terceiro ano consecutivo que o campeão sai do Qualify.

     Silva é de Pompéia (SP) e compete há dez anos. Em 1998 veio a Barretos para competir no Rodeio Junior e logo no ano seguinte levou o título de campeão da categoria.

     Em 2004, foi campeão do Qualify e carimbou sua primeira passagem no Barretos Internacional Rodeo. Voltou em 2005 e, este ano, depois de sua boa atuação na peneira do Qualify, participou novamente da disputa e realizou seu grande sonho: ser campeão em Barretos. O prêmio é um apartamento no Barretos Thermas Park, avaliado em R$ 70 mil, mais R$ 60 mil em dinheiro.

Nas outras posições ficaram:

 

2º colocado - João Paulo Sales, com 393 pontos

3º colocado - Ademir Cândido Silva, com 375 pontos

4º colocado - Getúlio Nogueira Andrade, com 357 pontos

5ºcolocado - Agnaldo Cardoso, com 328 pontos.

 

 

Prova cronometrada de Team Penning já tem seus campeões em Barretos

 

     Neste domingo, 27, a 51ª Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos revelou os grandes ganhadores da prova Team Penning. A equipe do Centro de Treinamento São Lázaro, de Sertãozinho, ficou em primeiro lugar com 30,85 segundos, somando, nos quatro dias de prova, o menor tempo, 96,04.

 

     A equipe, que tem cinco competidores se revezando (Adir Barbosa da Cruz, de 39 anos, Ludemir Barbosa da Cruz, de 28 anos, David Roberto da Silva, de 28 anos, Júnior Alves, de 25 anos e Afúzio Silva Figueredo, de 24 anos), treina há seis meses e compete há quatro.

 

     Já venceram nas cidades de Sertãozinho, Ribeirão Preto, e Batatais. David, que compete há cinco anos, já ganhou, com outra equipe, a prova em Barretos.

 

     Em segundo lugar ficou o trio barretense Marcos Muzzetti, de 44 anos, Leonardo Cardoso, de 25 anos, e Thiago Mega, de 18 anos. Única equipe local a se classificar, com 99,43 segundos na soma total de tempo. O trio compete junto há um ano e meio e coleciona títulos, como o campeonato regional de Barretos, Jaboticabal e Uberaba, em 2006. Ano passado o trio ficou em terceiro lugar em Barretos. Com outra equipe, Marcos Muzzetti foi tri-campeão em 97, 98,99 na cidade.

 

     Em terceiro lugar, com soma de tempo de 101,26 segundos, se classificou o trio Azaldio José de Castilho Filho, de 45 anos, José Mario de Souza Vilela, de 37 anos e Sebastião Alves do Vale, de 36 anos, de Novo Horizonte. A equipe é bicampeã em Barretos, vencendo o Rodeio Nacional e Internacional. A equipe compete com cavalos da raça mangalarga.

 

     InscriçõesEste ano, a Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos teve número recordes de inscrições para a prova – chegou a quase mil.

 

 

Barretos conhece vencedor na prova de Cutiano

 

     O grande vencedor da prova cronometrada de Cutiano, na 51ª Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos, foi Antonio Jucelino Costa, de 33 anos, natural de Tiête, São Paulo, somando 233 pontos em 4 dias de prova.

 

     O competidor, que tem 14 anos de carreira, conquistou mais de 50 rodeios. Foi campeão em Barretos em 2000, duas vezes campeão em Americana, Colorado Paraná, Jaguariúna e Fernandópolis. Como prêmios, já ganhou 11 carros, 2 camionetes e 26 motos.

 

     Em segundo lugar, com 228 pontos, ficou Fabiano Silva Souza, de 24 anos, natural de Aparecida do Taboado, Mato Grosso do Sul. Ele iniciou sua carreira aos 19 anos e compete pela primeira vez em Barretos. Tem sua marca registrada nos rodeios de Votuporanga, Américo de Campos, Santa Rita do Oeste e Aparecida do Taboado.

 

     Empatados com 225 pontos, ficaram Adriano Queiroz, de Aparecida do Taboão, Mato Grosso do Sul, e Rovilson Augusto Souza, de Colômbia, São Paulo.

 

     Na prova, o competidor tem de se equilibrar esporeando no pescoço do cavalo durante oito segundos. Vale lembrar que quem não permanece esse tempo, não pontua.

 

 

Keyla Polizello confirma favoritismo e vence na prova de Três Tambores no Barretos Internacional Rodeo

 

     Com o tempo de 55, 014 segundos em 4 dias de prova, a amazona Keyla Polizello, de 20 anos, natural de São José do Rio Preto, foi a grande vencedora na prova dos Três Tambores, na 51ª Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos. Ela também foi a vencedora, por antecipação, da final do Campeonato da ANTT (Associação Nacional dos Três Tambores), que aconteceu semana passada, durante a festa.

 

     Considerada uma das atletas mais importantes desse esporte no Brasil, Keyla também fez fama como a “Capa” da revista Playboy de julho de 2005. A bela estudante de jornalismo é uma assídua freqüentadora de pódios. Contabiliza mais de 500 troféus, 25 motos e uma caminhonete entre os prêmios que conquistou, contornando com precisão, velocidade e muita graça os tonéis do percurso dessa modalidade exclusivamente feminina nas arenas de rodeio.

     Keyla compete desde os 5 anos e, entre os títulos que ostenta, estão os de Tetracampeã nos rodeios de Barretos - 1994/1995/1997 e 2004 - e Jaguariúna (SP) - 1996/1997/2002 e 2006 -; Pentacampeã em sua cidade natal; Tricampeã em Presidente Prudente (SP) e Goiânia (GO); Bicampeã do Circuito Nacional do Rodeio Completo e do Congresso Quarto de Milha e Campeã em Midlan, no Texas, EUA. 

 

     Em segundo lugar, com 55,090, ficou Simone Zamora Arruda Carvalho Cunha, de 30 anos, natural de Presidente Prudente, São Paulo. Casada, com dois filhos, ela compete desde os 16 anos. Foi vencedora de Barretos em 2002 e pentacampeã do Rodeio dos Campeões de Presidente Prudente.

 

     Com 55,310 pontos, Giovana Breda, de 31 anos, natural de Araçatuba, São Paulo, ficou em terceiro lugar na competição. Foi vice-campeã em Americana em 2005 e Campeã em Presidente Prudente, entre outros títulos.

 

 

Texano é o grande campeão de Bulldog em Barretos

 

      A 51ª Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos chega ao fim e revela seus grandes campeões. Neste domingo, o norte-americano Darrel Petry, 36 anos, deixou seu registro na calçada da fama da maior festa com rodeios da América Latina, como campeão na categoria Bulldog.

 

     Antes de se consagrar campeão, porém, Darrel, que atualmente lidera os dois principais rankings internacionais, UPRA - United Professional Rodeo Association e CPRA – Cowboys Professional Rodeo Association, venceu o brasileiro Renato Finazzi, no primeiro desafio de bulldog realizado no país, entre os dias 17 e 20 de agosto.

 

     Há 10 dias na festa, este texano que participa pela primeira vez de competições, no Brasil, teve tanta empatia com nosso povo que revelou o desejo de morar no país.

 

     Em segundo lugar na final internacional de Bulldog ficou o paulista, Eduardo Costa Brosco e em terceiro o campeão nacional de 2005, Renato Finazzi Jr.

 

 

Americano é o novo campeão internacional de Bareback

 

     Há quatro dias foi aberta a porteira para o grande evento internacional de rodeios do país. No estilo de montaria em cavalos Bareback, o americano Chad Eubank, 27 anos levou a melhor e é o campeão do 14° Barretos International Rodeo na modalidade.

 

     Chad fez uma ótima campanha em Barretos, teve o melhor tempo desde o inicio das competições na quinta-feira, 24. O norte-americano que também é atleta das modalidades de touros e sela americana, somente neste ano esteve em mais de 15 finais nos circuitos internacionais e já faturou perto de US$ 115 mil na PRCA – Professional Rodeo Cowboys Association.

 

     Em segundo lugar ficou o paulista, Luis Carlos Moreira, 34 anos e em terceiro o neo-zelandes, Daryl Church, que está pela primeira fez no país e atualmente lidera o ranking da Federação da Nova Zelândia na modalidade.

 

 

Campeão do Rodeio Junior

 

     João Henrique Almeida Lucas, 16 anos, morador em Bastos, interior de São Paulo, foi o vencedor do Rodeio Junior da 51ª Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos.

     O campeão somou 306 pontos nas provas que iniciaram na segunda feira, dia 21 de agosto. Ele montou no touro "Clone" da Companhia Badanga Rodeio Show, de Prata, Minas Gerais e ganhou R$ 1.000,00.
João Henrique monta há três anos, sendo este seu primeiro prêmio como competidor. Ele afirma que "ganhar pela primeira vez no rodeio mais famoso do País é muito bom, pretendo continuar!".

     O segundo colocado foi João Cristiano de Oliveira, morador em Itaguajé - SP, ganhou R$ 700,00. Flávio Robson Pameque de Cajobi - SP, 3º colocado, ganhou R$ 500,00.

     Pelo 17º ano consecutivo a Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos realiza as montarias do Rodeio Junior. Neste ano a competição reuniu 120 peões de todo o País, de 16 e 17 anos. Segundo Milton Caetano Colenghi, diretor do Rodeio Junior, a intenção é desenvolver um circuito nacional para a categoria, uma vez que Barretos é a única cidade do País que realiza este tipo de competição.

 

 

Australiano vence Sela Americana


     Brad Pierce, 19 anos, australiano, venceu a competição mais antiga do rodeio americano, Sela Americana e ganhou R$ 4 mil.
     O campeonato em Barretos agregou mais um título a Brad. Ele monta touro e cavalo na modalidade Sela Americana na federação estadudinense - PRCA, australiana - PARA, e da Nova Zelândia - NZPRA. Em 2005 foi finalista da ANFR - "Australian National Finals Rodeo" nas duas modalidades e campeão nas cidades de Glen Rose e Crocket na modalidade Sela Americana. Esta é a primeira vez que Brad Pierce disputa a categoria em Barretos e venceu a prova com 225 pontos. O segundo lugar ficou para Scott Fraser e o terceiro para Leandro Baldissera.

Sela Americana

     É considerada a modalidade com maior grau de dificuldade, pela habilidade técnica que exige do atleta. O equipamento consiste numa sela sem pito e sem baixeiro (capa feita em tecido grosso, colocada entre a sela e o lombo do animal). Com a mão de apoio o competidor segura uma corda de aproximadamente 1,20 metros, que está ligada ao cabresto. A outra mão, chamada de "ponto de equilíbrio", não pode tocar em nenhuma parte do animal. No primeiro pulo o competidor posiciona as duas esporas, sem pontas, em sua paleta. No segundo ele puxa as esporas, passa pela barriga e chega até o final da sela, na traseira do cavalo.

Voltar